domingo, 14 de setembro de 2014

Fã de Crepúsculo gasta mais de R$ 7 mil para se casar com Robert Pattinson de papelão




Lauren realizou seu sonho de casar com ‘Edward’ Foto: Acervo Pessoal
Expresso
Tamanho do texto A A A
Apaixonada pela saga Crepúsculo, Lauren Adkins, de 25 anos, resolveu concretizar seu amor se casando com um cartaz de papelão do ator Robert Pattinson, que interpreta o vampiro Edward na história. A cerimônia custou cerca de R$ 7.400, segundo o site Mirror.
— Nos casamos em Las Vegas e tenho certeza de que somos mais felizes do que a maioria que os recém-casados. As pessoas podem pensar que sou louca, mas meu Robert Pattinson de papelão é o mais perto do que eu poderia chegar, e ele é o homem certo para mim — explicou a moça ao site Mirror.
A moça contou que sempre foi “louca por finais felizes românticos de contos de fadas” e se tornou uma grande fã das versões da Disney para Branca de Neve e Cinderela. Quando leu a saga Crepúsculo na adolescência, se apaixonou perdidamente pelo personagem Edward.
— Era diferente de qualquer história de amor que eu havia visto antes, já que o protagonista poderia tanto sugar seu sangue quanto abrir a porta para você — explicou ao Mirror.

Lauren realizou seu sonho em Las Vegas
Lauren realizou seu sonho em Las Vegas Foto: Krystal Ramirez

Lauren disse que, quando assistiu ao filme no cinema, sabia que queria casar-se com o personagem “misterioso e sexy”. Alguns meses depois, ela viu em uma loja de discos o cartaz em papelão de Robert Pattinson e o comprou por cerca de R$ 45. A paixão cresceu tanto que uma amiga sugeriu que ela deveria se casar com ele, e foi o que Lauren fez em Las Vegas, nos Estados Unidos.
— As palavras da minha amiga soaram em meus ouvidos. Ela estava certa. Por que não? — contou a moça.
Numa capela de casamento, ela realizou seu sonho e foi casada por um ministro vestido de Elvis. Depois da cerimônia, ela fez uma recepção para 50 pessoas com direito a bolo de cinco camadas e champanhe.
— Nós tivemos a nossa lua de mel em Los Angeles e eu queria subir até o letreiro de Hollywood. Eu tive que levá-lo, e nós tivemos que fazer isso à noite porque ele não pode ficar no sol. Mas todo mundo faz sacrifícios para o homem que ama, certo? — declarou Lauren.

Lauren fez uma cerimônia para 50 pessoas
Lauren fez uma cerimônia para 50 pessoas Foto: Acervo Pessoal


quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Itaú promove campanha para o uso de bicicletas no Waze

Para divulgar seu projeto de sustentabilidade que pretende contribuir para a mobilidade urbana, o Itaú aproveitou várias ferramentas e recursos do Waze

Itaú promove campanha para o uso de bicicletas no Waze
Campanha do Itaú no Waze: pins foram utilizados nos mapas das 5 cidades
Adnews - Com o objetivo de alavancar o uso, o conhecimento, e o download do aplicativo das bicicletas laranjinhas, o Itaú criou uma campanha através do aplicativo Waze nas cinco cidades onde o serviço das bicicletas é oferecido: São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Pernambuco e Porto Alegre.
Para divulgar seu projeto de sustentabilidade que pretende contribuir para a mobilidade urbana, o Itaú aproveitou várias ferramentas e recursos do Waze.
Pins foram utilizados nos mapas das cinco cidades para marcar a localização de todas as estações laranjinhas, e com apenas um clique conduzir os Wazers até elas.
Mensagens foram inseridas próximas aos Pins, divulgando e incentivando o download do aplicativo das bicicletas, e uma ferramenta de busca também foi disponibilizada para que, ao digitar Bike Itaú, aparecessem as estações laranjinhas mais próximas.
De meados de abril ao final de junho deste ano, houve mais de 25 milhões de impressões, 38 mil cliques, 1,9 mil navegações até as estações laranjinhas e mais de 5 mil downloads do aplicativo.
"Estamos muito felizes com o sucesso da estratégia de mobilidade no Waze. Além da adesão e download do aplicativo das Bikes Itaú, o Waze nos ajuda a entregar um serviço com mais qualidade, especialmente às pessoas que não conhecem a iniciativa a fundo e que são incentivadas pela geolocalização a conhecerem as estações mais próximas de suas rotas cotidianas", diz Thiago César Silva, gerente de mídias digitais e conteúdo de marca Itaú.
Para Ignacio Vidaguren, Partner e Chief Operating Officer da IMS Internet Media Services (IMS), maior hub de meios digitais do Vale do Silício para a América Latina, responsável pela venda dos espaços publicitários do Waze na região, o sucesso da campanha deve-se principalmente à plataforma inovadora oferecida pelo Waze, que permite a utilização de recursos como geolocalização, ferramenta de busca, e mensagens variadas, que permitem uma maior interação entre o usuário e a marca.

domingo, 7 de setembro de 2014

Noivo é preso por assediar garçonete na festa de seu casamento em cruzeiro nos EUA


Noiva acompanha prisão do marido
Noiva acompanha prisão do marido Foto: Reprodução/TV
Expresso
Tamanho do texto A A A
Já viu um noivo que passou sua noite de núpcias atrás das grades? No meio de um cruzeiro marítimo, na Pensilvânia, nos Estados Unidos, um rapaz chamado Mark Williams conseguiu essa proeza por molestar uma garçonete grávida na festa de casamento dele e depois resistir à prisão, ao brigar com o namorado da vítima. As informações são do Huffington Post.
Segundo a garçonete, que prestou depoimento na delegacia, o noivo a tocou em diversos momentos da noite. Ele ainda teria tentado derramar bebida alcoólica em sua boca. A polícia local disse que, depois, ele arrumou confusão com o namorado da moça.
Tanto ele quanto sua noiva não quiseram se pronunciar sobre o caso. Ele vai responder por acusações de motim, assédio e resistência à prisão.

domingo, 31 de agosto de 2014

Detentas postam fotos sensuais no Facebook tiradas dentro das celas

Duas detentas da cadeia pública de Guarapuava, no Paraná, postaram várias fotos no Facebook. As imagens, publicadas em novembro do ano passado e em abril deste ano, foram tiradas dentro das celas e mostram as presas com roupas íntimas em poses sensuais.
Várias fotografias foram descobertas pelos agentes penitenciários após denúncias e investigação interna. As detentas têm os perfis em redes sociais monitorados para verificar se existe alguma atualização enquanto estão presas.
Segundo Altemir Antônio Nascimento, chefe de cadeia pública da 3ª região, as duas detentas são irmãs e foram presas por tráfico de drogas.
— Segundo declaração das próprias, esses celulares [usados para tirar as fotos], elas conseguiram dos presos masculinos aqui da carceragem. A penitenciária de Guarapuava mantém presos provisórios tanto masculinos quanto femininos. Uma das presas é casada com um dos detentos.
Uma das imagens, inclusive, foi compartilhada e curtida por dezenas de pessoas, além de receber vários comentários… “gostosa” foi um dos adjetivos mais leves feitos por internautas.
Nascimento confirmou que as fotos foram tiradas dentro das celas das presas. As mulheres presas sofreram penalidades administrativas e tiveram os celulares apreendidos.
— O que seria penalidade administrativa : falta grave, 30 dias sem visitas, 30 dias entregas de sacolas por parte de visitantes, além desse tipo de atitude por parte delas vai dificultar uma possível progressão de pena por causa de comportamento ruim.






domingo, 24 de agosto de 2014

Desafio do balde de gelo dá errado e bombeiros são eletrocutados

Para fazerem o tão famoso Desafio do Gelo, bombeiros subiram em uma escada magirus. O problema foi que eles chegaram perto demais da fiação elétrica e acabaram eletrocutados

Quatro bombeiros ficaram feridos – dois deles seriamente – após um desafio do balde de geloque deu errado nos EUA. Os bombeiros foram ajudar estudantes de uma faculdade a realizar o desafio, que consiste em jogar um balde de gelo na cabeça para conscientizar sobre a esclerose lateral amiotrófica. Entretanto, eles posicionaram sua escada perto de mais da rede elétrica, e receberam um choque após jogarem a água nos jovens.
O “ALS Ice Bucket Challenge” virou moda nos EUA e em todo o mundo após diversas celebridades publicarem seus vídeos na internet e desafiarem outras pessoas. O desafio visa conscientizar e arrecadar dinheiro para o estudo da esclerose lateral amiotrófica, mal degenerativo também conhecido como doença de Lou Gehrig.
O caso aconteceu em Campbellsville, no Kentucky. Os bombeiros tinham acabado de jogar a água gelada sobre os estudantes da universidade local e baixavam a escada do caminhão quando receberam o choque. Os dois bombeiros que estavam na extremidade da escada, identificados como Simon Quinn, de 22 anos, e Tony Grider, de 41, tiveram várias queimaduras e estão internados em hospital universitário. Outros dois socorristas - Steve Marrs, de 37 anos, e Alex Johnson, de 28, também ficaram feridos, mas sem gravidade. Eles foram liberados.
Simon Quinn (esquerda) e Tony Grider
Simon Quinn (esquerda) e Tony Grider
Um segue em estado crítico, enquanto o outro está estável, segundo a polícia local. Nenhum estudante ficou ferido.
Cerca de 100 alunos da universidade e outras pessoas da cidade se reuniram nesta quinta-feira (21) para rezar pela recuperação dos bombeiros.
Estudantes rezam por bombeiros eletrocutados em desafio do balde de gelo
Estudantes rezam por bombeiros eletrocutados em desafio do balde de gelo
ELA
A síndrome é complexa e não há cura, nem tratamento específico. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 5% a 10% dos casos são genéticos.
Ao ser descoberta a doença, os primeiros sintomas são câimbras e fraqueza muscular. Lentamente, a pessoa começa a piorar e, sem força muscular, fica sem poder andar. No estágio avançado da doença, pode-se ter dificuldade até para deglutir um alimento e engolir saliva.
Atualmente, com cuidados especiais, traqueotomia e ventilação controlada, há casos com mais de 25 anos de evolução. 20% dos pacientes sobrevivem seis anos.
Outras informações sobre a Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) podem ser encontradas no site daAssociação Pró-Cura da ELA no Brasil.
Fonte: AP / G1

Fotos de bumbum de fora viram moda em casamentos dos Estados Unidos


Madrinhas de bumbum de fora
Madrinhas de bumbum de fora Foto: Reprodução/Internet
Expresso
Tamanho do texto A A A
As tradicionais fotos posadas, comportadas e sérias nos casamentos estão ficando cada vez mais fora de moda nos Estados Unidos. Agora, por lá, está virando tendência uma prática para lá de esquisita. As noivas e as madrinhas estão optando por ensaios fotográficos mais descontraídos, mostrando seus bumbuns para as lentes.
Com milhares de compartilhamentos nas redes sociais nos Estados Unidos, as fotos chegaram ao Reino Unido e a moda também está pegando em solo britânico. A ideia é mostrar o lado sensual dos casamentos, com as noivas e madrinhas mostrando, além dos seus atributos, as lingeries escolhidas para o grande dia.
Madrinhas mostram atributos para a câmera
Madrinhas mostram atributos para a câmera Foto: Reprodução/Internet
Nessa, nem a calcinha apareceu
Nessa, nem a calcinha apareceu Foto: Reprodução/Internet
Noiva também mostrou
Noiva também mostrou "demais" Foto: Reprodução/Internet

sábado, 16 de agosto de 2014

Empresa investiga uso de aplicativo para ofertas sexuais a taxistas no Rio e em SP

Usuários da ferramenta oferecem aventuras sexuais em mensagens.
Abordagem obscena incomoda os profissionais, que condenam o ato.


Taxistas que trabalham no Rio  e em SP estão sendo assediados por meio de aplicativos de celular criados para facilitar o transporte de passageiros. Mensagens com oferta de programas sexuais estão sendo enviadas com a solicitação de corrida. Há quem ofereça dinheiro para que o taxista aceite a proposta. Uma das empresas, a Easy Táxi, diz que investiga o caso e toma medidas para coibir o mau uso. 


Muitos usuários do aplicativo oferecem pagar por sexo oral com taxistas (Foto: Arquivo pessoal)

“É um desrespeito com a gente que está trabalhando. O aplicativo não serve para isso. Já tive vontade de aceitar a corrida e ir até a pessoa tirar satisfação”, reclamou um taxista de 53 anos que não quis se identificar.



Rapaz que se identifica como Patrick se oferece para taxistas (Foto: Arquivo pessoal)

Segundo os motoristas ouvidos pelo G1, a maioria das mensagens são de oferta de sexo oral, inclusive "cantadas" gays. “Para saber quem é o passageiro tem que aceitar a corrida. Aí podemos ver até o telefone da pessoa”, contou outro taxista que também não quis revelar o nome.

“A primeira vez que vi esse tipo de chamado fiquei chocado. Mas, depois de 10 anos no táxi, onde várias vezes me fizeram esse tipo de proposta indecente, acho que o choque mesmo foi ver que eles agora se valem da tecnologia para fazer o que já faziam antes”, falou o taxista Saulo Falconere, 35 anos.

Alguns taxistas mostraram mensagens recebidas via aplicativo para a reportagem doG1. Os textos mostram que turistas e casais também tentam se valer da tecnologia para buscar aventuras sexuais. “Sou turista, piloto de aeronave, e pago 400 reais no sigilo pra [fazer sexo oral com] taxista. Estou em hotel”, propôs um usuário do aplicativo.

Taxista pode denunciar
Por meio de nota, a Easy Táxi esclareceu que investiga a situação internamente e que condena qualquer uso do aplicativo que não seja para a finalidade proposta: facilitar a mobilidade urbana. A empresa destacou ainda que bloqueia os usuários que não ajam conforme as regras de uso da ferramenta. Para isso, o taxista precisa denunciar, no próprio aplicativo, o perfil de quem envia tais mensagens. A assessoria de imprensa da Easy Táxi não soube informar se situação semelhante acontece com taxistas de outras cidades do país.




Suposta casal de turistas propõe orgia com taxistas por meio do aplicativo (Foto: Arquivo pessoal)